Previsões The Economist para 2021: será que todas estão se cumprindo?

A revista The Economist disponibiliza anualmente um Guia com análises do cenário mundial para o futuro. Em novembro de 2020 saiu a edição “World in 2021” e, com ela, 20 previsões de especialistas das áreas de economia, tecnologia e política. Terminado o primeiro trimestre do ano, percebemos que algumas dessas previsões realmente fazem todo o sentido. Outras, porém, parece que não foram tão assertivas. E algumas delas vão ao encontro das propostas dos softwares da Track Techno. E você, o que acha?

Confira a lista de previsões com nossos comentários:

1 – Os humanos querem se socializar novamente, mas o trabalho remoto basicamente permanecerá o mesmo.

2 – Escritórios vão fechar com uma porcentagem muito alta e esse modelo retrógrado será tomado por tecnologias disruptivas.

 3 – Os hotéis de trabalho desaparecem em pelo menos 50%. Viagens, congressos ou reuniões de trabalho nunca voltam a ser como eram, se puderem ser feitos online. O turismo de trabalho praticamente desaparece. 4 – As casas tornam-se mais tecnológicas e adaptadas ao trabalho diário. Muitas empresas se dedicarão a resolver as necessidades de trabalhar em casa.

Sobre essas primeiras previsões, o home office realmente vem conquistando cada vez mais lugar na vida dos trabalhadores e das empresas por apresentar benefícios que vão além da segurança com relação ao covid-19. Então faz todo o sentido que esse modelo de trabalho seja mantido inclusive para as conferências, apresentando uma economia de custos que envolvem a construção e a participação em eventos presenciais, além de multiplicar as possibilidades de palestrantes e conteúdos on-line. Porém, com o avanço da vacinação, algumas empresas do Vale do Silício, como a própria Google, já estão solicitando a seus colaboradores que adotem o sistema híbrido de trabalho, alternando home office com a presença no escritório da empresa. Gestores da Amazon, Twitter e de outras empresas que estavam superempolgados com o home office no início da pandemia, já deram declarações demonstrando a percepção de que o ambiente de interação presencial é praticamente insubstituível nos processos criativos.  

5 – A produtividade não depende mais de um chefe que te vê, agora é por meio de plataformas que te ajudam a medir resultados, KPIs e tempos eficientes. A forma de contratação de pessoal é repensada. Contratar os melhores do mundo hoje é mais fácil, barato e eficiente. Não haverá diferença entre contratar pessoal local e estrangeiro. Hoje somos todos globais.

6 – Tudo o que é repetitivo torna-se virtual e em regime de assinatura. Igrejas, arte, academias, cinemas, entretenimento. Poucos lugares podem manter estruturas físicas como antigamente.

7 – Empresas que não investem pelo menos 10% em novas tecnologias irão desaparecer. A empresa tradicional chegou ao fim em 2020. Resta esperar sua morte final. Uma empresa de tecnologia, fresca e nova hoje, pode substituir outra que tem feito o mesmo nos últimos 50 anos.

Dentre as demais previsões, destacamos que essas três se identificam diretamente com as propostas dos nossos softwares Extranet Track e Template Track. A transformação na forma com que a produtividade e a efetividade são vistas, mensuradas e analisadas torna indispensável o uso de plataformas que contemplem indicadores reais que possibilitem a evolução constante de performance. Tornar automáticas as tarefas repetitivas é essencial. E o investimento em tecnologia já é realmente algo notório para as empresas que querem sobreviver. É praticamente impossível de conceber hoje que um time de marketing que funciona em home office, por exemplo, consiga atender às demandas das unidades de uma corporação em rede, sem contar com tecnologia inteligente para armazenamento dos ativos da marca e distribuição de peças para as unidades parceiras. Por isso, mais do que nunca é hora de avaliar os benefícios de ter um canal de gestão de comunicação, organização e planejamento da sua marca com a Extranet Track e um Brand Center para padronização, controle e agilidade da comunicação visual da sua marca através da plataforma Template Track.

Abaixo você confere um resumo das previsões restantes que também destacam a tecnologia e as possibilidades, fechando com uma mensagem de otimismo e incentivo aos novos começos que estão disponíveis em nossas jornadas.

8 – O turismo para entretenimento retorna plenamente fortalecido no segundo semestre de 2021, sempre acompanhado de muita tecnologia na sua operação, desde a compra, a operação e as experiências a serem recebidas.

9 – O tratamento de dados pessoais torna-se mais delicado e as grandes plataformas vão mudar. As pessoas voltam a pagar assinaturas devido ao senso de transparência que isso envolve.

10 – A força de trabalho será drasticamente reduzida e muitas operações simples serão fornecidas por IA.

11 – A educação nunca mais será igual. Cada um pode estudar o que precisar. Estudar offline e online será normal.

12 – O sistema médico será adaptado com tecnologia remota para sempre. Uma consulta médica por teleconferência será normal.

13 – A economia pessoal se contrai, novas formas de gerar transações comerciais são utilizadas e as pessoas economizam mais.

14 – E-commerce continua a crescer, players como Facebook, Tik-Tok e YouTube entram para competir com a Amazon. Fechamento de 50% das lojas físicas globais.

15 – Mudanças climáticas serão um tópico muito discutido e apoiado. As grandes indústrias continuarão a se transformar com apoio da IA.

16 – Novos modelos de informações e notícias por assinatura com mais transparência ajudarão a disponibilizar conteúdo sem tantas fake news. Credibilidade e transparência serão a pedra angular de todas as empresas.

17 – A saúde mental torna-se um tema recorrente. Grandes plataformas ajudam as pessoas a enfrentar as situações de agressividade, solidão e angústia que vivenciaram durante o isolamento.

18 – Os grandes problemas como educação, saúde, energia, segurança, política, destruição da classe média, ganham destaque.

19 – Tudo vai para o natural e saudável. Alimentos, experiências e forma de interação. 100% natural, produzir a própria comida, meditar e se exercitar, passa a fazer parte do dia a dia. Ser mais saudável é o “novo luxo”.

20 – O mundo está vendo este ano como um novo começo. Um renascimento. As pessoas vão repensar seus objetivos pessoais, de trabalho, saúde, dinheiro e espirituais. Grandes oportunidades estão surgindo para satisfazer todos esses requisitos e mudanças de pensamento. Acumular, consumir e viver pelo material vai para o lado negativo. A inovação, a tecnologia, o pensamento natural e lateral são a base da nova realidade. Todos estão a tempo de encontrar novos caminhos. Você apenas tem que encontrar as novas rotas pessoais ou comerciais.

Fonte: The Economist, em novembro de 2020.

E você, o que acha?

Facebook Comments